• Warley Oliveira

Trent Alexander-Arnold, um jogador que não passará desapercebido


Alexander-Arnold Copa do Mundo
Alexander-Arnold Copa do Mundo

Alexander-Arnold, o jogador de futebol britânico que não pode faltar nem passar despercebido, pois deixou claro, não com palavras, mas com ações através do seu jogo no campo, que é um daqueles atletas com um tipo especial de tempero que o pode muito bem levar à grandeza.


Em todo o caso, ele certamente chamou a atenção de muitos; isto ficou claro pelo mais recente afluxo de artigos dentro de tantos blogs de apostas esportivas, todos falando das suas mais recentes demonstrações de habilidade, do seu estilo de jogo ou mesmo remontando a análises detalhadas das origens e da sua ascendência.


Começos

Desde a pouca idade de 6 anos, o jovem Trent tinha algo no seu estilo de jogo que fez o treinador da academia Ian Barrigan notar que havia um grande potencial nele; desde então, o Liverpool FC tornou-se uma espécie de segunda casa para o atleta, pois ali deu os seus primeiros passos no maravilhoso mundo do futebol, e até conseguiu liderar a equipe como capitão ao nível dos Sub-16 e Sub-18.


Família

O tema da família é um tema que não pode ser omitido quando se fala deste jovem atleta, pois é algo que está sempre presente tanto no seu coração como nos seus pensamentos. Para começar, ele tem dois irmãos com quem é muito próximo; um chamado Tyler, que é quatro anos mais velho que ele e age como seu agente; e o outro, chamado Marcel, que é três anos mais novo.


Os seus pais são Michael Arnold, que atualmente gere os negócios dos jovens ídolos do futebol; e a sua mãe é Dianne Alexander, que tem um irmão chamado John Alexander, que se diz ser um administrador de futebol aposentado; por isso pode ser que a chuva de futebol nas veias dos atletas desde o início, até se manifestar de uma forma espantosa mais tarde, para deleite tanto dos torcedores como dos apostadores.


Cabeça centrada

Houve duas razões principais para que ter a cabeça no lugar tenha ajudado Trent a permanecer grande jogador, ao mesmo tempo que melhorou para se tornar um jogador de futebol ainda maior.


A primeira é pessoal, em vez de deixar a fama, a fortuna e a glória subir a cabeça, ele manteve-se a par do que verdadeiramente importa na vida, que é ser primeiro a família e aos amigos; pois enquanto muitos outros jogadores começariam a fazer compras de milhões de dólares de coisas frívolos, em grandiosas demonstrações de riqueza, Alexander-Arnold tem-se mantido humilde.


O segundo é que no campo de jogo, o temperamento de um atleta pode ter graves consequências; um bom exemplo disto é o cartão vermelho dado a Darwin Núñez para uma cabeçada durante o Liverpool contra o Crystal Palace no dia 15 de Agosto, com o resultado final de um empate de 1-1 que deixou os Reds completamente frustrados, uma vez que poderiam facilmente ter conseguido a vitória. Nesse mesmo jogo, Trent distinguiu-se ao dar apoio aos seus companheiros de time, provando a sua habilidade e criatividade no meio do jogo e parecendo quase imparável em certos pontos.


"Marca registrada".

Uma das características mais marcantes do número 66 do Liverpool é a sua capacidade de marcar faltas de bolas mortas; uma habilidade que demonstrou pela primeira vez em 2017, num jogo contra o Hoffenheim, e conseguiu repetir o feito mais três vezes desde então.


É infelizmente um truque que os torcedores não puderam voltar a ver em exibição, pois tais cobranças de faltas têm uma chance de pontuação muito baixa de apenas 0,06; e uma vez que treinadores como o Klopp se importam apenas com os números por detrás dos jogos e estratégias em jogo, tais fatores não escapariam certamente ao seu olhar, sugerindo assim, muito provavelmente, que o atleta utilize estilos cujos resultados têm maiores chances de trazer os resultados mais desejáveis, através de fatores numericamente muito mais fáceis de medir do que estes jogadores de qualidades que quase desafiam as probabilidades.


É claro que aos jogadores é dada liberdade de tomar decisões enquanto se encontram na sua área, por isso os torcedores talvez ainda possam ver tais jogadas dele no futuro, embora possa ser um pouco improvável pelas razões acima expostas.


Crescimento

O fato de Trent ter atualmente 23 anos de idade e desde que começou a jogar pelo Liverpool ainda mais novo, significa que tem um espaço incrível para o crescimento e o ambiente perfeito para desenvolver a sua carreira como profissional de futebol.


Por exemplo, desde a sua primeira aparição, ele tem vindo a crescer e está agora mais apto do que nunca; o seu estilo de jogo evoluiu de um flanqueador com entregas difíceis de fazer, para um armador de grande alcance, passes longos e trocas rápidas; e ultimamente está a caminho de se tornar um técnico inigualável. Jürgen Klopp tem reconhecido o talento do jovem, e puxa cada vez mais os seus limites para garantir a sua evolução como jogador, ao mesmo tempo que atualiza os seus estratagemas descobrindo o que funciona melhor de forma geral.


Os olhos do público

Os torcedores não perderam as incríveis demonstrações de habilidade e determinação de Trent nos jogos mais recentes do Liverpool, e os seus olhos estão agora postos no que irá acontecer a seguir com esta estrela em ascensão.


Cheios de entusiasmo, os telespectadores mais dedicados dos Reds estão muito provavelmente no limite, esperando ver tanto repetições como coisas ainda maiores; especialmente já que, mais recentemente, a sua equipe favorita não conseguiu vencer nenhum dos seus dois primeiros jogos numa temporada da Premier League; tendo empatado 2-2 contra o Fulham a 6 de Agosto e 1-1 com o Crystal Palace a 15 de Agosto; o que é algo que não acontece desde a sua temporada de 2012/13.


Em todo o caso, o fato é que grandes coisas aguardam o zagueiro deste Liverpool; e entre algumas dessas grandes expectativas remontam ao 4 de Agosto, o treinador assistente Pep Lijnders o incentivou a mostrar as suas capacidades na Copa do Mundo deste ano que acontecerá nos estádios do Catar e acredita sinceramente que Trent poderia tornar-se uma versão inglesa da lenda brasileira Cafu.